{Resenha} A Mansão Hollow - Agatha Christie

Boa tarde, queridos. Hoje trago a vocês mais um livro da nossa amada Agatha. Espero que gostem e apreciem a resenha assim como eu :D

Título: A Mansão Hollow
Autor: Agatha Christie
Editora: Nova Fronteira
Páginas: 256
Ano: 2014
Saiba mais em: Skoob
Compre em: Submarino  Americanas  Amazon
Sinopse: Um inofensivo convite para almoçar na Mansão Hollow logo se transforma em mais um caso a ser desvendado por Hercule Poirot. A cena do crime parece um tanto artificial - o corpo de um homem agonizando na beira da piscina, sua mulher logo ao lado segurando um revólver, e ainda três testemunhas. Seria na verdade uma encenação, uma brincadeira de mau gosto para provocar o detetive? Infelizmente, para a vítima, não. Indo contra todas as evidências, Poirot não demora a descobrir que a arma que aquela mulher tinha nas mãos não era a mesma que matou seu marido. O que aconteceu, então?

Um crime premeditado ou um acesso de loucura? Eis o grande dilema que ronda o livro da rainha do Crime. Durante um almoço na mansão de Lady Lucy Angkatell, na qual o detetive Hercule Poirot é convidado, acontece um assassinato. Na piscina, onde ocorreu o crime, se encontra o corpo de John Christow e, ao seu lado, segurando uma arma, se encontra sua esposa (Gerda). Este assassinato tem todas as características para ter uma rápida solução, afinal, a mulher estava com a arma no local do crime. Mas, nem tudo ocorre como se deseja, e uma simples solução se torna uma bola de neve.

Durante o inquérito policial, na qual Poirot se torna um coadjuvante do verdadeiro investigador, não aparecendo a todo momento na história; descobrindo que cada personagem do livro relata fatos, sentimentos e desejos que poderiam ter acarretado à morte do doutor John, a cada capítulo, conta-se a versão de um dos moradores da mansão Hollow, suas declarações podem indicar o motivo do assassino, criando assim, uma imensa lista de suspeitos onde todos os moradores estão enquadrados.

A complexidade e a sutileza do crime intrigam o investigador Poirot, que pouco a pouco, começa a cercar os verdadeiros culpados pelo assassinato, e, mostrando no final, o motivo evidente que instigou esse assassino.

A rainha do Crime, nesse livro, nos possibilita aprofundar muito mais no interior dos personagens, dando pouca atenção para o crime ocorrido na mansão. Podemos entender os medos e desejos de cada um dos moradores e observamos que todos os personagens tem papel fundamental na trama, seja o simples mordomo, como também a dona da casa. Assim, ela consegue criar mil e uma possibilidades de justificativas para esse ato, fazendo com que possamos mergulhar com cara e coragem nessa maravilhosa estória,

Ao pesquisar mais sobre esse livro, descobri que existe uma série sobre as aventuras do detetive Poirot, se chamando "Poirot", na qual, este livro é retratado no quarto episódio da nona temporada.




Classificação: 





Espero que tenham gostado e até sábado com o "Recortes de Livros"..












3 comentários:

  1. Estou ficando apaixonada pelas suas resenhas, me faz ter vontade de ler todos os livros. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. ola não conhecia esse livro vou ver se acho a série muito interessante 😉Obrigado pela dica 😉

    ResponderExcluir
  3. Laiz da uma olhadinha lá no meu blog quando puder,estou amando o seu e já estou seguindo se puder retribui 😘

    ResponderExcluir